Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Como escolher o melhor suco de caixinha

Fique atento ao rótulo das bebidas industrializadas
Gettu Images: Fique atento ao rótulo das bebidas industrializadas
Muitos produtos industrializados têm cara de suco, mas as frutas são os últimos ingredientes da composição. Especialistas ensinam a fugir de armadilhas nas gôndolas do supermercado
 
Se quiser tomar um suco, a dica dos especialista é: vá para cozinha e faça a bebida você mesmo, com ingredientes frescos. Mas se não tiver tempo (ou não quiser lavar a louça depois) ou procura uma opção de suco para seu filho levar na lancheira para a escola, é possível comprar bebidas saudáveis de caixinha no supermercado. A endocrinologista Giulianna Pansera e a nutricionista Karla Vilaça dão as dicas. 
 
Atenção ao rótulo
A regra número um é ler o rótulo das embalagens. "Os ingredientes estão descritos no rótulo de maneira decrescente, ou seja, os primeiros da lista são os que estão em maiores quantidades naquele produto", explica Giulanna, que também comanda o blog G-RealFit. 
 
"Quanto maior for essa lista e quanto mais ingredientes desconhecidos tiver, menor é a qualidade do produto do ponto de vista saudável", diz a endocrinologista. "Se pegar um rótulo que apareça água, açúcar, conservante e fruta lá por último, fuja", alerta Karla, da Nutrenza Assessoria Nutricional. 
 
"O que você deve buscar são produtos com pouco ou nenhum conservante, aditivos químicos, adoçantes, corante e etc", indica Giulianna. E não se preocupe se não entender tudo o que está descrito na embalagem. Isso é até um sinal de alerta. "O suco que tiver menos coisas estranhas no rótulo, é o melhor", fala Karla Vilaça.

100% integral
Cada vez mais as marcas estão investindo em sucos integrais ou 100% fruta. O preço ainda é mais caro, mas vale a pena se a preocupação é consumir um produto mais saudável. Um néctar de fruta, na embalagem de um litro, custa entre R$ 3,50 e R$ 4. Já um suco integral, sem açúcares ou conservantes, chega a R$ 9. 
 
Fruta e água e só
A nutricionista Karla Vilaça ainda lembra que suco nada mais é do que fruta e água. Por isso, os outros ingredientes "intrusos" que estão nos rótulos devem ser evitados. Mas nem por isso a bebida não pode ser doce. "Há marcas que usam o suco de maçã para adoçar outras bebidas, como o suco de uva", cita Karla. Assim, o produto continua saudável, sem aditivos e mais saboroso. 
 
Ela ainda lembra a diferença entre néctar e suco, o que pode confundir muita gente nas gôndolas dos mercados. Néctar é aquele com uma lista gigante de ingredientes e quase nada de fruta. "É apenas uma bebida com água e muito açúcar. Suco mesmo é fruta, água e só". 
 
Suco, chá ou refrigerante?
Você já leu o rótulo, escolheu qual marca de suco tem menos açúcares ou aditivos e outros produtos. Mas olha para o lado e vê a prateleira de refrigerantes ou chás a seu dispor. Não caia em tentação. Os sucos integrais ou 100% de fruta são a melhor opção. 
 
"Chás são diuréticos e, por isso, não são indicados para hidratar. O refrigerante só tem química e as versões diet e light ainda têm adoçantes. E os dois tipos são péssimos pelas altas quantidades de sódio. Então, o suco de caixinha é o mais indicado para a hidratação", analisa Karla.
 
iG

Nenhum comentário:

Postar um comentário