Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 14 de junho de 2012

Dor de ouvido

Definição
A dor de ouvido pode ser aguda, surda ou ardente em um dos ouvidos ou em ambos. A dor pode ser temporária ou constante.

Nomes alternativos

Otalgia; dor - ouvido

Considerações

Os sintomas de uma infecção no ouvido podem incluir:
  • Dor no ouvido
  • Febre
  • Inquietação
  • Choro contínuo
  • Irritabilidade
Muitas crianças podem apresentar perda de audição leve e temporária durante e logo após uma infecção no ouvido. A perda de audição permanente é rara, mas o risco aumenta de acordo com o número de infecções.

Causas comuns

A dor de ouvido em crianças é muitas vezes causada pelo acúmulo de líquido e pressão atrás do tímpano, na área chamada de ouvido médio. O ouvido médio se liga às vias nasais por um canal estreito e curto: a trompa de Eustáquio. A trompa de Eustáquio permite que líquidos normais sejam drenados para fora do ouvido médio e ajuda a manter a pressão do ouvido equilibrada.
Um resfriado ou uma alergia podem bloquear a trompa de Eustáquio devido à inflamação e ao acúmulo de secreções. Isso é especialmente frequente em crianças pequenas, porque a trompa de Eustáquio é mais curta e mais horizontal. O fechamento da trompa de Eustáquio bloqueia o fluxo de líquido normal do ouvido médio. O fluido começa a se acumular, causando obstrução, dor, perda de audição e uma infecção no ouvido.
A dor de ouvido em adultos tem menos chances de ser causada por uma infecção no ouvido. O que você identifica como dor de ouvido, pode ser, na verdade, originada em outro local, como na articulação temporomandibular, nos dentes, na garganta ou em outro local. Isso é chamado de dor "reflexa" ou "referida".
Causas da dor de ouvido:
  • Artrite da mandíbula
  • Infecção no ouvido
    • Infecção do ouvido médio - aguda (episódio breve e grave)
    • Infecção do ouvido médio - crônica (não desaparece nem melhora)
    • Infecção do ouvido (canal) externo - aguda
    • Infecção do ouvido (canal) externo - crônica
    • Infecção do ouvido (canal) externo - maligna
  • Lesão no ouvido devido a alterações de pressão (grandes altitudes ou outras causas)
  • Objetos inseridos no ouvido ou cera excessivamente acumulada
  • Tímpano rompido ou perfurado
  • Infecção nos seios da face
  • Garganta inflamada com dor reflexa nos ouvidos
  • Disfunções da articulação temporomandibular (DTM)
  • Infecção dentária
A dor de ouvido em crianças ou bebês nem sempre é causada por infecções. Outras causas incluem:
  • Irritação do canal auditivo causada por cotonetes
  • Sabonete ou xampu acumulado no ouvido
  • Água do banho

Cuidados em casa

As seguintes medidas podem ser seguidas para tratar de uma dor de ouvido:
  • Pode ser aplicada uma bolsa ou um pano umedecido em água gelada no ouvido externo durante 20 minutos para reduzir a dor.
  • Em crianças com idade suficiente para mascar chiclete com segurança, o chiclete pode ajudar a aliviar a dor e a pressão de uma infecção no ouvido.
  • Se a criança se sentir desconfortável deitada, dormir em uma posição mais elevada poderá ajudar a reduzir a pressão no ouvido médio.
  • O óleo de oliva ou remédios em gotas para o ouvido vendidos em farmácias sem prescrição médica são suaves e eficazes, exceto em casos de rompimento do tímpano. Os remédios em gotas sob prescrição, como Auralgan, também são eficazes contra a dor.
  • Analgésicos que podem ser vendidos sem prescrição médica, como paracetamol ou ibuprofeno, podem ajudar a diminuir a dor em crianças e adultos com dor de ouvido. (NÃO dê aspirina a crianças.)
Você pode reduzir a dor de ouvido causada por descidas bruscas de grandes altitudes mascando chiclete. ou engolindo a saliva. Em caso de bebês, deixe-os sugar a mamadeira enquanto o avião estiver descendo.

Ligando para o médico

Ligue para o seu médico se:
  • Seu filho apresentar febre alta ou muita dor, ou parecer mais debilitado que o normal, devido a uma infecção no ouvido
  • Novos sintomas aparecerem, especialmente:
    • Vertigem
    • Dor de cabeça muito forte
    • Inchaço ao redor do ouvido
    • Fraqueza nos músculos faciais
  • Dor muito forte que para de repente pode ser um sinal de tímpano rompido
  • Se os sintomas (dor, febre ou irritabilidade) piorarem ou não apresentarem melhoras em um período de 24 a 48 horas

O que esperar da consulta médica

O médico realizará um exame físico, que poderá incluir o exame do seguinte:
  • Ouvido
  • Mastoide (parte óssea atrás do ouvido)
  • Nariz
  • Garganta
Dor, sensibilidade ou vermelhidão do mastoide podem indicar uma infecção séria. Durante o exame, o médico fará perguntas sobre a dor de ouvido, tais como:
  • Quando ela começou?
  • Está melhorando, piorando ou continua igual?
  • A dor é constante?
  • Que outros sintomas você tem apresentado?
  • Você sente pressão no ouvido?
  • Tem havido drenagem do ouvido?
  • Você escuta ruídos diferentes no ouvido?
  • Você teve febre?
  • Você sente dor no osso atrás da orelha?
  • Você teve perda de audição?
Como a maioria das infecções no ouvido melhoram em um período de 24 horas após a consulta, os médicos não costumam prescrever antibióticos imediatamente. É provável que o médico espere para ver se os sintomas continuam ou pioram. Se forem prescritos antibióticos, é importante tomar todos os medicamentos prescritos no horário certo.
Crianças com infecções persistentes ou recorrentes podem precisar de sondas inseridas no ouvido para fazer com que o ouvido médio funcione de forma adequada novamente. A inserção de sondas no ouvido é um procedimento cirúrgico simples e eficaz.

Prevenção

As seguintes medidas podem ser seguidas para evitar dores de ouvido:
  • Evite fumar perto de crianças. Foi comprovado que o fumo causa milhões de infecções de ouvido em crianças, a cada ano.
  • Evite infecções no ouvido externo não inserindo objetos no ouvido e secando o ouvido após o banho ou após a piscina.
  • Siga as medidas apropriadas para controlar alergias. Evite, em particular, substâncias alérgenas. Esteroides em spray nasal podem ajudar a reduzir infecções no ouvido. No entanto, anti-histamínicos sedativos de venda livre e descongestionantes NÃO previnem infecções no ouvido.
Fonte iG

Nenhum comentário:

Postar um comentário