Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Síndrome de Zollinger-Ellison causa náuseas e dor abdominal

mulher com sintomas da síndrome de zollinger-ellisonApesar de ser rara, a doença pode trazer sérias complicações para a saúde e exige diagnóstico preciso

A síndrome de Zollinger-Ellison é uma doença rara, com incidência estimada em um ou dois casos para cada 1 milhão de pessoas. Geralmente, é diagnosticada após os 50 anos de idade, e é mais frequente em mulheres que em homens. Os principais sinais apresentados são dor abdominal e diarreia.

O diagnóstico é baseado nessas e em outras manifestações clínicas, sendo muito importante procurar um médico no caso de qualquer alteração. Com a detecção precoce do problema, o tratamento se torna muito mais fácil.

Sintomas da síndrome de Zollinger-Ellison
A síndrome de Zollinger-Ellison é uma doença grave, também chamada de hipergastrinemia secundária, que forma um ou mais tumores no pâncreas ou no duodeno, chamados gastrinomas. Esse elementos expelem grandes quantidades do hormônio gastrina, que tem a função de estimular a secreção de suco gástrico.

Com o ácido produzido em excesso, surgem, consequentemente, úlceras pépticas no estômago e também no duodeno, em grande parte dos pacientes.

Essa doença foi descoberta em 1955, pelos cirurgiões americanos Robert Zollinger e Edwin Ellison, que originaram o seu nome. As causas exatas da síndrome ainda são desconhecidas, mas se acredita que ela possa ser esporádica em 75% dos casos.Além disso, também é associada à neoplasia endócrina múltipla ou pode ser causada por uma condição hereditária.

Cerca de 25% das pessoas com essa doença possuem gastrinomas no pâncreas ou em outros órgãos, e em torno de 95% dos pacientes com gastrinomas têm úlceras gástricas ou duodenais.

Os principais sintomas da síndrome de Zollinger-Ellison incluem sensação de queimação ou dor na garganta; náuseas e vômitos; dor abdominal; diarreia; diminuição do apetite; perda de peso sem causa aparente; e fraqueza excessiva.

Esses sintomas são frequentemente confundidos com outros problemas gástricos, como o refluxo, por exemplo. Por isso, o gastroenterologista pode solicitar alguns exames de diagnóstico mais específicos. Entre eles, testes de sangue, endoscopia ou ressonância magnética ajudam a confirmar o diagnóstico e a iniciar o tratamento adequado.

Tratamentos para o problema
O tratamento para a síndrome de Zollinger-Ellison visa a, inicialmente, amenizar os sintomas. É administrada a ingestão diária de remédios para reduzir a quantidade de ácido no estômago, como Omeprazol, Esomeprazol ou Pantoprazol.

Além disso, em algumas situações é necessário fazer uma intervenção cirúrgica para retirar os tumores, embora esse tipo de cirurgia geralmente só seja indicado quando existe apenas um tumor.

Nos outros casos, o tratamento da síndrome de Zollinger-Ellison pode utilizar calor na forma de radiofrequência para destruir as células tumorais. Injeção de medicamentos e quimioterapia também ajudam a atrasar ou diminuir o crescimento dos tumores.

Em geral, os tumores são benignos e não apresentam grande risco para a saúde do paciente. No entanto, quando são malignos, o câncer pode se espalhar para outras áreas, principalmente para o fígado. O aconselhado, então, é remover partes do órgão ou realizar um transplante para aumentar as chances de cura do paciente.

Foto: Shutterstock

Vivo Mais Saudável

Nenhum comentário:

Postar um comentário