Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Há 5 tipos de dor de cabeça, saiba identificar o seu

Conheça os tipos de dor de cabeça mais comuns e saiba a importância do diagnóstico para ter mais qualidade de vida

A cefaleia é uma das reclamações mais frequentes nos consultórios médicos. E as causas do desconforto podem variar muito. Existem diferentes tipos de dor de cabeça . Saber identificá-los pode contribuir para a sua saúde.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 90% das pessoas sofrem ou já sofreram com dor de cabeça. Esse é, também, um dos problemas que mais geram no país. Conheça possíveis causas para esse sintoma e saiba o que fazer para se livrar do incômodo

Reconheça os tipos de dor de cabeça
Estresse, sinusite, enxaqueca e várias outras causas podem resultar no desconforto. Ao contrário do que muita gente pensa, o problema não causa uma dor no cérebro , mas, sim, nas veias, nos músculos e nas terminações nervosas. A dor que atinge, de fato, as células cerebrais é sinal de um problema mais grave.

Os tipos de dor de cabeça variam, também, em suas características. Enquanto algumas são latejantes, outras apresentam sensações de pontadas ou de pressão. Além disso, a duração e a frequência também estão associadas à causa do problema.

Confira algumas das mais comuns:

1. Enxaqueca
Uma crise costuma durar longas horas e acomete principalmente a região das têmporas , em ambos os lados da cabeça. Quem sofre de enxaqueca intensa também pode ter sensibilidade à luz e a sons. O tratamento deve ser feito com acompanhamento de um médico, já que as dores costumam ser frequentes e incapacitantes. Fora disso, compressas e massagens podem aliviar o quadro.

2. Tensão e estresse
Esse é um dos tipos de dor de cabeça mais comuns. A dor geralmente acomete a testa e o alto do crânio e pode ser desencadeada por problemas familiares, ou profissionais. Além disso, hábitos pouco saudáveis e consumo excessivo de álcool, café e outras substâncias também estão associados ao desconforto.

3. Alimentação
Alguns alimentos podem levar a dores de cabeça, especialmente em pessoas predispostas. Gordura em excesso , açúcar e café devem ser evitados por esses indivíduos. Esse último age dilatando os vasos sanguíneos, inclusive do cérebro, o que pode causar o problema.

4. Problemas oculares
Pacientes que passam por grandes esforços visuais também podem se queixar de cefaleia. Hipermetropia e astigmatismo sem uso de óculos ou lentes de contato tendem a causar o desconforto.

5. Sinusite
A inflamação dos seios da face também causa o sintoma. A dor costuma atingir as maçãs do rosto e a região acima dos olhos. Junto vêm outros incômodos, como secreção e coriza.

Converse com um especialista
Qualquer que seja a origem da dor de cabeça, é fundamental procurar um médico. Apesar de ser uma queixa comum, a cefaleia não deve ser frequente , nem durar longos períodos. O problema pode atrapalhar o dia a dia da pessoa e interferir em sua qualidade de vida. É importante prestar atenção aos sinais que o corpo envia. Fique atento à alimentação, busque alternativas saudáveis e encontre sempre um tempo para descansar e evitar o estresse.

Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário