Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


terça-feira, 3 de dezembro de 2013

SP: Instituto faz teste rápido e gratuito para detecção do HIV

Caso o resultado dê positivo, a pessoa contará com o auxílio de
 uma equipe multiprofissional de saúde para a realização do
 tratamento adequado
Resultado é sigiloso e liberado para o paciente no momento da realização
 
O Iampse (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) promove, nesta terça-feira (3), uma campanha de conscientização para o teste rápido do HIV. A ação tem como objetivo diagnosticar o vírus antes que ele se manifeste como doença (Aids). Quem quiser realizar o exame, não precisa fazer o agendamento prévio. Basta procurar o ambulatório, de segunda à sexta-feira, das 8h as 11h e das 13h as 16h.
 
O resultado do teste é mantido em sigilo e liberado para o paciente no momento da realização. Caso dê positivo, a pessoa contará com o auxílio de uma equipe multiprofissional de saúde, composta por médicos, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais para a realização do tratamento adequado.
 
Segundo o médico Durval Costa, coordenador do ambulatório de Moléstias Infecciosas do HSPE, dados dos últimos meses do programa apontam um número maior de testes positivos para o HIV em usuários do HSPE em comparação aos encontros em CTA (Centros de Testagem Anônima). Enquanto a média de positivos do centro é de 0,6%, no HSPE, os dados iniciais demonstram uma incidência de 1,2% entre usuários.
 
— A preocupação é que muitos pacientes possam estar infectados pelo vírus e não sabem ou descubram apenas em fases onde a doença já esteja em estágio mais avançado.
 
Dados do Ministério da Saúde indicam que o número de infectados aumentou entre pessoas acima de 50 anos. O Iampse atende cerca de 10% da população idosa do Estado de São Paulo e 60% dos pacientes internados no HSPE têm 60 anos ou mais, o que indica que a população com vírus do HIV entre usuários do Iampse pode ser bem maior que atualmente.
 
Serviço
 
Ambulatório de Moléstias Infecciosas
 
Horário: segunda à sexta-feira, das 8h às 11h/ 13h às 16h
 
Endereço: Rua Borges Lagoa, 1.635 — 1º andar
 
R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário