Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 7 de março de 2012

Dieta italiana causa polêmica por deixar a pessoa dez dias sem comer

dieta_cano
Tubo entra pelo nariz e derrama líquido com proteína sem parar durante dez dias

Uma dieta italiana está criando muita controvérsia - inclusive por ainda não saberem se ela realmente não é uma ameaça para a saúde. Chamada de KEN (Ketogenic Enteral Nutrition), ela deixa a pessoa sem comer por dez dias seguidos, se alimentado apenas por uma forma líquida através de um cano.

O líquido é feito de proteínas e nutrientes e cai direto no estômago, via cano plástico, que é inserido no nariz e preso ao rosto por uma fita adesiva. São dois litros da fórmula a cada 24h.

Só é permitido tirar o tubo 1h por dia, para tomar banho, e é possível beber água, chá, café (sem leite, açúcar ou adoçante) com o tubo.

Essa dieta, criada na Itália por Gianfranco Cappello, professor de cirurgia na Universidade de Roma, explora o que é chamado de "inanição controlada", forçando o corpo a consumir a sua própria gordura para ter energia.

Com isso, cerca de 10% da gordura do corpo iria embora em dez dias, sem causar, aparentemente, perda de músculo ou fome.

O médico Ray Shidrawi, britânico que está introduzindo a dieta no Reino Unido, confia no método - mas ainda faz ressalvas:

- Antes de passarmos para um paciente, damos uma olhada detalhada no histórico médico. Também checamos a composição de seu corpo - quanto é gordura, quanto é músculo, etc. Antes e após o tratamento. Você não sente fome, mas pode sentir muito cansaço. Minha mulher fez, e ela perdeu 5kg em dez dias, mas ela se sentiu terrível, exausta. Mas ela também não tinha muito para perder.

Fonte R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário