Aplicativos, carreira, concursos, downloads, enfermagem, farmácia hospitalar, farmácia pública, história, humor, legislação, logística, medicina, novos medicamentos, novas tecnologias na área da saúde e muito mais!


quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Hospital de Niterói recebe dez leitos de unidade de terapia intensiva

Com nova capacidade, local poderá atender a população de Niterói, São Gonçalo e de outros municípios da região metropolitana, que somam cerca de 2 milhões de habitantes

O Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), em Niterói, região metropolitana do Rio, ampliou sua capacidade de atendimento ao receber nesta terça, 22, dez leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). A finalidade é atender a população de Niterói, São Gonçalo e de outros municípios da região metropolitana, que juntos somam cerca de 2 milhões de habitantes.

A inauguração das novas instalações contou com a participação do governador Sérgio Cabral Filho, do vice-governador, Luiz Fernando Pezão, além dos secretários estaduais de Saúde, Sérgio Côrtes e de Assistência Social e Direitos Humanos, Rodrigo Neves.

Cabral ressaltou a importância do hospital para a região e anunciou novas obras de ampliação da unidade. O objetivo é oferecer melhor atendimento, além de condições adequadas a funcionários e pacientes.

"O Azevedo Lima é sempre indicado como um hospital organizado, com direção e uma equipe de profissionais de saúde dedicadas. A rede municipal e o [Hospital Universitário] Antonio Pedro fecharam suas emergências, então toda a cidade de Niterói hoje depende desse hospital", destacou.

Referência em neurocirurgia, o hospital conta com 20 leitos de UTI adulto e sete de UTI neonatal. A equipe que trabalhará na nova unidade de terapia intensiva é formada por 14 médicos, 15 enfermeiros, além de técnicos de enfermagem e fisioterapeutas.

O investimento de R$ 897 mil na unidade faz parte do planejamento da secretaria para a ampliação do número de leitos no estado. No segundo semestre de 2011, 40 já foram inaugurados, incluindo os dez entregues nesta terça.

Fonte Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário